sábado, 28 de fevereiro de 2009

DIA DA BALANÇA - INACREDITÁVEL!

Custei para tomar coragem de levantar e ir à reunião do De Olho no Peso, decidi na última hora, pois tinha feito o compromisso de postar meu peso. Atrasada, peguei um táxi e tudo que comi ao longo de duas semanas foi passando como um filme na minha cabeça. O engraçado é que antes da RA eu mal me lembrava do que comi no almoço. 
Enfim, cheguei à reunião e estava com muita vergonha de me pesar, fiquei pensando no que diria pra orientadora quando a balança mostrasse tudo o que  andei aprontando nos últimos dias!
Mas tive uma ótima surpresa:
-400g!
Eu nem acreditei! Meu novo peso: 80kg e 500 gramas!
Essa semana vou tomar vergonha na cara e abandonar de vez a casa dos 80!
Meninas, muito obrigada pelos recadinhos de ontem, estou respondendo um a um. O apoio de vocês é essencial para mim. 

Milhares de milhões de beijos!

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Mais um desabafo

Estou um pouco desapontada comigo mesma. Usei o feriado como desculpa para faltar duas reuniões seguidas do "De Olho no Peso". Na verdade eu me chateei um pouco com o DP, pois parece que só a alimentação conta. Quando disse para a orientadora que não pude ir à academia nenhuma vez naquela semana, ela disse que para emagrecer temos é que fechar a boca.
Eu achei que ela devia levar em consideração o fato de que nas férias eu estava malhando 5 vezes por semana e que agora mal estou conseguindo ir duas.

Na terça à noite tive uma longa conversa com o Magrelo e ele disse que eu posso me esforçar mais. Disse que tem medo de ir chegando cada vez mais perto da data do casamento e eu pirar. Disse que está impressionado com o fato de eu pensar em todos os detalhes e não querer olhar vestido tão cedo.

Ai, que conversa difícil. Essas coisas vindas de noivo/namorado/marido parecem nos derrubar em dobro. Mas sei que é para o meu bem e que ele está coberto de razão. Assim como a orientadora do DP. O papel dela é me estimular a comer corretamente. Ela não pode virar pra mim e dizer: "Coitadinha, tá sem tempo.." Ela tem que cobrar meu esforço na alimentação, afinal é para isso que pago o De Olho no Peso.

Na verdade eu já estava bolando uma desculpa mirabolante para faltar a reunião de amanhã. Só que aconteceu uma coisa que me fez ter certeza que a coisa certa é enfrentar a situação e descobrir o quanto engordei e recomeçar. Nem que eu tenha que recomeçar mil vezes não vou desistir.

O que aconteceu?

Além da questão do peso, sou super chata com a questão do vestido de noiva. Quero algo muito básico.
Decidi dar uma olhada em alguns modelos na Internet e vi um de que gostei bastante e salvei no meu computador:



Daí, peguei o nome do modelo e coloquei no Google, para tentar achar fotos mais detalhadas. E achei:
O mesmo vestido, recheado com quilinhos a mais.. meu corpo está bem parecido com o dela: barriguinha, quadris enormes e braços roliços.
Achei a foto num blog de uma noivinha americana. É claro que no final das contas,mesmo cheinha, ela estava linda, radiante, etc.. mas a comparação entre as duas fotos me chocou bastante, fiquei com os olhos cheios dágua. Sabe por quê? Porque eu ainda tenho 11 meses até o casamento, mas estou me boicotando. Porque não adianta todos os detalhes estarem perfeitos se eu não estiver me sentindo bem. Porque não quero provar vestido e chorar no provador. Porque não quero me privar de ir pra praia na lua-de-mel por vergonha. É claro que não sou louca de querer ficar com o corpinho da modelo, até pelo meu biotipo. Mas quero chegar no altar com a consciência tranquila, sabendo que dei o meu melhor. Como vou me comprometer a dar o meu amor para uma pessoa eternamente se eu não tiver um pingo de amor-próprio?

Vou parar por aqui, estou ficando brega. Amanhã, não importa o quanto doa vou me pesar e postar o quanto engordei.

                                                                      Beijocas,
                                      


quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Magrinha e Poliglota


Confesso que pelo menos 70% do meu tempo na internet é dedicado a blogs de emagrecimento e maquiagem. Uns outros 10 por cento devem se destinar a "namorar" produtos totalmente inúteis em lojas virtuais. O restante do tempo devo usar em orkut/e-mail/msn e fazendo uma matéria virtual da faculdade.
Mas essa semana descobri uma ferramenta muito legal na internet, o LiveMocha. O portal disponibiliza uma rede de relacionamento onde é possível aprender praticamente todas as línguas do mundo. As lições são super didáticas e é possível disponinilizar os exercícios para correção por falantes nativos do idioma.
É possível também auxiliar outras pessoas no aprendizado do Português ou outra língua em que seja fluente.
Eu estudei um pouco de francês há muuuitos anos atrás e a única coisa de que me lembrava era bonjour. O site já me ajudou a dar uma boa desenferrujada.
Hoje em dia, no mercado de trabalho é cada vez mais importante a habilidade de comunicar-se em outras línguas. Saber inglês me abriu muitas portas, mas sinto que para me tornar mais competitiva na área acadêmica preciso aprender mais um idioma.
Eu fico super empolgada quando surge uma coisa útil e do bem na internet.
E aí, vocês topariam estudar alguma língua virtualmente?

POST DE QUINTA!


Hoje é dia de Post de Quinta, ou seja, um dia para falar do que bem entender:cabelo,maquiagem, celebridades, livros, filmes, etc. Nada de posts sobre emagrecimento, peso, medidas, reeducação! Quem quiser, pode dar sugestões de temas e também pode pegar o selinho aqui no blog e postar sobre um assunto qualquer às quintas-feiras.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Brad, casa comigo?

Brad Pitt é praticamente unanimidade entre as mulheres. Amigha, imagina você , com esse seu marido que já está ficando pançudinho, casando com o Brad Pitt? Para piorar a situação, a cada dia que passa ele fica mais jovem e mais gato? E tem mais, ele não se importa com as suas ruguinhas!
Daí, ao invés de ficar velho e rabugento, ele vira um bebezinho fofo?
Muito bom para ser verdade, né? Pois esse é o filme que vi ontem: O Curioso Caso de Benjamim Button. O filme é legalzinho, mas de espetacular mesmo só o gatão do Brad.
Fiquei feliz ontem, pois minha alimentação foi muito boa.. antes do filme, comi um sanduíche de salmão e cream cheese no shopping; apesar de ter ficado hipnotizada com o cheiro dos lanches do Bob's!
Ah, e como tinha dito que ia fazer, pintei meu cabelo. Levei a tarde toda, mas ficou bom, fiquei tão compenetrada que nem senti fome. Não satisfeita, resolvi cortar minha franja sozinha!E não é que deu certo? Foi bom mesmo tirar esse tempinho pra mim, deu um levantada no meu astral.
Os exercícios estão meio mixurucas pq está muuuito quente em BH. Espero que a noite dê uma refrescada...

beijocas

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Apareceu a margarida!

cólica do cão+discussão com um professor+choro+discutir a relação+ser obrigada a ir ao fórum sem necessidade no horário de almoço+choro+descobrir que eu tinha direito a outra bolsa de pesquisa e aceitei essa+choro+jaca+escolher convite de casamento+dor lombar+crise existencial+amiga se metendo numa roubada e não escutando conselhos+noitada+ciúmes do meu decote+mil trabalhos para fazer+dor lombar+choro+faltar academia por ter que assistir audiência no tribunal+choro+receber parentes na minha cidade+odiar carnaval+preguiça+saco cheio+jaca+pindaíba+me sentir gorda+ansiedade pré-casório+cobranças = SUMIÇO!


Me desculpem meninas.. durante esses dias conturbados ensaiei escrever um post várias vezes, mas simplesmente não saía. Agora estou mais tranquila, mas vi que a atitude certa seria vir aqui e falar. Às vezes fico achando que ninguém vai querer ouvir minhas mazelas, mas na verdade falar o que sinto é parte importante do processo de emagrecimento.
Preciso colocar a cabeça no lugar e retomar meu compromisso com a RA e comigo mesma. Do jeito que estou indo, vou jogar por água abaixo o que conquistei até agora.
Amanhã não trabalho e vou aproveitar para faz caminhada e malhar o elíptico. Tenho um elíptico aqui em casa que só serve de enfeite.. o Magrelo me deu uma bronca, pois paguei 50 reais para trazer da casa dele pra cá e nunca usei.. Amanhã vou tirar a poeira e usar, hihi
Também preciso urgentemente anotar meus pontos.. essa tem sido uma das minhas maiores dificuldades e a minha maior burrice, pois pagar para fazer de "Olho no Peso" e não anotar os pontos é jogar dinheiro fora.
De certa forma eu previa que essas coisas iriam acontecer; que eu iria 'mergulhar' na rotina e ia acabar me esquecendo novamente. Esse resto de feriado vai ser bom para que eu me resgate, reveja meus objetivos, me reorganize.
E claro, como perua que sou, vou cuidar do visual... já comprei um tonalizante para meu cabelo, além de pintá-lo, pretendo descolorir os pelinhos, ajeitar a sobrancelha, limpar a pele, usar meus milhares de creminhos..
Meu bloguinho também está recebendo um tratamento de beleza pela fofa da Lu, em breve vocês verão a versão definitiva dele.
Muito obrigada pelas visitas, vocês são 10!
beijocas

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

A difícil vida de quem malha e não gosta de roupas de ginástica



Quem é viciada em revistas e programas de moda como eu, já deve ter ouvido falar inúmeras vezes que lugar de roupa de ginástica é na academia. Eu concordo. Tenho preguiça de gente que dorme e acorda de lycra e tênis. Você vê essas figuras em supermercados, filas de banco, shoppings e até missas de sétimo dia se bobear.

Eu devo ser anormal, mas definitivamente não acho tênis o calçado mais confortável do mundo. Não sei se é porque sou calorenta, mas só uso qualquer tipo de calçado fechado se a ocasião exigir. 90% do tempo uso chinelos ou sandálias abertas. E não adianta o tênis ter super-ultra-refresher-system, na primeira oportunidade que tiver, vou

tirá-lo e trocar por um chinelo. É claro que para corridas, longas caminhadas, atividades de impacto é essencial usar tênis. Mas pra mim, pára por aí.

Quanto às roupitchas coladas de academia, é inevitável vestí-las. E eu, que tenho uma rotina meio caótica, não tenho muito tempo para ficar trocando de roupa. O que geralmente acontece é eu chegar com a roupa de academia, malhar, tomar banho e colocar a roupa do trabalho ou, chegar com a roupa do trabalho, vestir a da academia e ir embora para casa com ela.(por aí vocês calculam o tamanho da minha bolsa)

Girls, a distância entre a minha casa e a Shapes é de 4 quilômetros, sendo que à pé só ando quatro quarteirões até o ponto de ônibus. Mas não adianta.. esses poucos minutos circulando por aí de calça legging e camiseta é o suficiente para ouvir mil piadinhas e cantadinhas baratas dos caras na rua. Não pensem que tô me achando a gostosa, não.. Estou chegando a conclusão que esse tipo de roupa mexe com o imaginário masculino.. Muitas vezes saio descabelada, com cara de louca e os caras ficam enc

hendo a paciência...

O que eu faço geralmente é amarrar um casaquinho na cintura para não ficar com o pomp's exposto. Mas não adianta muito. Andei comprando umas calças de malha, mais larguinhas para malhar, mas elas deixam o cofrinho de fora na hora de fazer agachamento. De vez em quando, uso também umas camisetonas de propaganda compridas.

Enfim, não sei qual é a graça de desfilar com essas roupas coladas por aí. Antes que vocês achem que é despeito, quando eu for magrinha, também não vou desfilar, por um simples motivo: camel toe. Toda menina precisa saber o que é um camel toe e precisa fugir dele, pelamordedeus!

E tem mais, não sei de onde nós, gordinhas, tiramos a idéia de que roupa de ginástica nos faz parecer mais magras. Lá no De Olho no Peso tem meninas que só andam de calça legging.

Tem gente que acha que legging é a nova calça jeans. Eu acho legging sensacional, mas precisa ser usada com cuidado, não fica bem com qualquer coisa. Pode me chamar de careta, mas para usar calça legging, a blusa tem que cobrir o pomp's todinho!

Se não for assim, dá para ver cada milímetro do elástico da calcinha. E mesmo as calcinha sem elástico marcam consideravelmente. Além do mais, quem tem perna grossa e quadril largo, deve fugir das de couro metalizadas e muito estampadas.

Um outro problema dessas calças é que elas sempre vão nos servir, pois à medida que engordamos, elas vão esticando para os lados junto com a gente.

Enfim, pode ser que ao longo do tempo, eu desenvolva algum apreço pelas modinhas do fitness. Mas por enquanto, essa será minha dura rotina de quem malha e odeia axé e roupas de ginástica.

Beijocas!

PS: Se o post sair estranho, é pq estou postando via gmail. Isso não evitou que o estagiário siamês (que fica colado no computador ao lado do meu), bicasse meu texto.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Trabalhar e postar!

Como vocês sabem, estou de emprego novo. No outro emprego eu não tinha chefe direito. Se eu faltasse e nenhum aluno me procurasse, ninguém nem ficava sabendo.
Mas agora é diferente.. tenho uma "chefa" na sala ao lado. Esqueci como era essa sensação...
Apesar dessa semana estar bem tranquila de serviço, fico sem-graça de ficar postando ou visitando blogs no trabalho. Ontem eu estava olhando modelos de convite de casamento e a chefa apareceu do nada! Tentei disfarçar, mas obviamente ela viu. Não reclamou, mas viu.
Ainda tenho o problema de trabalhar grudada no outro estagiário.. inevitavelmente acabamos olhando a tela um do outro. 
Eu não gosto de falar para ninguém da "vida real" que tenho um blog. Eu já sou naturalmente uma pessoa que se expõe demais. Pelo menos por enquanto tenho gostado da idéia de ter um lugarzinho só meu. ( e das minhas amigas virtuais)
O blogger tem um recurso de postar via e-mail. Vou testar amanhã. Se o post ficar feio vocês sabem o porquê.
Adorei as dicas da marmita, obrigada. O que seria de mim sem vocês? O Magrelo comprou hoje uma vasilha que tem uma travinha, assim a comida não derrama de jeito nenhum. Quando ele me entregar posto a foto para vocês. Hoje acabei almoçando fora, pois tinha que assistir a uma audiência no Tribunal. O engraçado é que ontem, que comi comida de casa, fiquei satisfeita a tarde inteira. Hoje que comi no self-service, cheguei em casa às 3 da tarde com fome. Será que tem a ver?

Beijocas

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Marmita!

O fim-de-semana voou! Não deu tempo nem de descansar direito, muito menos de matar as saudades do Magrelo...
Enfim, cá estou eu, na "deprê-da-hora-do-fantástico", preparando minha mala para trabalhar/estudar/malhar amanhã. Se eu tivesse carro minha vida ia ser bem mais fácil, carregar a casa nas costas além de cansar, dá um trabalhão. 
Na semana passada só consegui almoçar em casa uma vez.. nas outras comi na faculdade ou proximidades. Consegui  comer razoavelmente bem, achei uma saladona numa das cantinas da facul por 6 reais, mas todo dia enjoa, pois não dá para escolher os ingredientes. Nos dias em que comi no self-service não foi tão bom assim, além de pagar mais caro,  fiquei mais sujeita às tentações. 
Hoje tirei um saldo da minha conta-corrente e vi que definitivamente preciso economizar.. Uma das coisas que vou fazer pra isso é levar marmita. Lá no meu trabalho tem uma copa com microondas, onde posso esquentar a comida. Fiz frango grelhado com molho de tomate, batata assada e arroz. Não sei ainda como vou levar, pois não dá para colocar na mochila..
Mais uma vez peço uma mãozinha de vocês.. quem puder me dar dicas do que levar, como embalar, o que posso deixar pronto.
Vamos ver se a mudança vai refletir positivamente no bolso e na balança...

beijinhos, boa semana para vocês!


sábado, 14 de fevereiro de 2009

Para tristeza das galinhas


Sair de manhã tendo comido ovos pode ser um jeito de acelerar sua chegada ao peso ideal. De acordo com uma recente pesquisa do  Rochester Centre for Obesity in America, comer ovos no café  da manhã pode ajudar a diminuir sua ingestão calórica diária em até  400 calorias.

Nesse estudo, 30 mulheres obesas deveriam consumir um café da manhã baseado em ovos(2 ovos) ou um café da manhã baseado em pão(bagel). Os pesquisadores registraram os hábitos alimentares das mulheres e descobriram que as mulheres que comeram os ovos no café sentiram menos fome antes do almoço e comeram menos nessa refeição. Além do mais, nas 36 horas seguintes o  grupo que comeu a dieta contendo ovo, consumiram no geral, 417 calorias a menos do que o grupo da dieta baseada em pão. 

Ovos contém uma variedade de nutrientes como proteína, zinco, ferro e vitaminas A,D,E e B12, contendo apenas 85 calorias. Não há limite semanal para o consumo de ovos, desde que dentro de uma dieta balanceada.

Se você pretende começar o dia com ovos, o ideal é evitar fritá-los e combiná-los com suco de laranja sem açúcare torradas integrais;  o que ajudará na absorção do ferro que eles contém. 


Então, meninas.. eu já incluí o ovo na minha alimentação há muito tempo, meu pai sempre traz do sítio. Eu tento alternar entre ovo e peito de peru com pão integral no café-da-manhã, o que me dá uma super saciedade ao longo do dia. 

O que não vale é encharcar o  ovo no óleo. Para  isso, aproveitem a superdica do purpurinado site Rainhas do Lar:

Se a sua frigideira de Teflon não  está novinha ou se a sua secretária do lar fez o favor de destruir a sua com bombril (aqui em casa aconteceu isso), use um fiozinho de azeite. Aprenda aqui.


beijocas!

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

POST DE QUINTA




Hoje é dia de Post de Quinta, ou seja, um dia para falar do que bem entender:cabelo,maquiagem, celebridades, livros, filmes, etc. Nada de posts sobre emagrecimento, peso, medidas, reeducação! Quem quiser, pode dar sugestões de temas e também pode pegar o selinho aqui no blog e postar sobre um assunto qualquer às quintas-feiras.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Injeção na Testa

O que é uma Botox Party?

Uma Botox Party, ou Festa do Botox é uma reunião social, uma festinha onde um médico ou esteticisa injeta botox nas participantes para reduzir ou remover rugas faciais.
As Botox Parties são a última moda nos EUA, principalmente na Califórnia. Entre um gole e outro de champagne, canapés e caviar, as amigas socialites vão recebendo alegremente injeções na testa, contorno dos lábios e onde mais precisarem dar aquelas esticadinhas.

É claro que a brincadeirinha tem preço: de 300 a 1.00 dólares.

Estou torcendo para essa febre não chegar ao Brasil. Com certeza nas rodinhas de novos-ricos esse tipo de festa ja deve ser rotina. Odeio essa mania de copiar o que os EUA tem de pior.

Não entra na minha cabeça porque uma pessoa se submete a um procedimento estético estando alcoolizada e em público. É o narcisismo transformado em status.

Pode até ser que um dia eu resolva dar uma recauchutada, mas farei com moderação, não tem nada mais feio do gente que não assume a própria idade!

E vocês, encarariam?

beijocas

Desabafo

Dei uma sumidinha, né? Ontem foi um dia mega estressante! Trabalhei normalmente de manhã, à tarde tive uma reunião do núcleo de pesquisa e me enfezei com um colega. Na hora não disse nada, mas fiquei entalada. À noite tive que dar alguns avisos e explicações do núcleo em frente um auditório lotado de mestrandos e doutorandos.. morri de vergonha. Minha sorte  é que eu dispensei o microfone. A melhor coisa para falar em público é não segurar nada, pois se as mãos tremerem você enfia no bolso e pronto. 
Voltando ao meu dia, saí super tarde dessa palestra e estava mega atrasada para ir ao local onde me casarei, para orçar o buffet deles. Tomamos um chá de cadeira de uma hora e meia. Às 22:30 resolvi ir embora, os donos de lá ficaram super sem graça comigo, mas eu já estava morta de cansaço, não queria esperar nem mais cinco minutos. A culpa não foi deles, eu vi que tinha uma noiva sem noção que não ia embora de jeito nenhum. Além do mais eles tem uma filhinha bebezinha que estava apagada no colo de uma das funcionárias do local. 
Fui dormir, que era a melhor coisa que podia fazer e acordei hoje com a pior dor nas costas da minha vida. Eu tenho muita dor na lombar, principalmente antes de menstruar.. até hoje não achei um médico que me desse uma explicação plausível...
Cheguei no trabalho quase chorando de dor e TPM. Enchi a cara de analgésico e consegui ao menos me distrair um pouco da dor. Saí do trabalho 12:30 e só teria aula às 15:30, então resolvi 
voltar para casa(que não é muito longe) e deitar até a hora da aula para ver se melhorava.
Resultado: acordei às 17:00, com o dobro de dor, vontade de chorar e muita fome. Comi um Danoninho, um Danette  Light  e uma espiga de milho cozido. 
Enfim, descobri que não posso voltar para casa no meio do dia. Se eu tivesse ficado por lá teria resolvido um monte de coisas no horário do almoço, teria assistido aula, teria ido à academia e não teria jacado.
Depois que voltei a trabalhar está bem mais fácil controlar a alimentação, estou bebendo mais água, levando lanchinhos e comendo com hora marcada. 
É, Kat, bem-vinda à vida real...

beijocas

(tenham paciência, aos poucos coloco as visitinhas em dia)

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

TESTE DO BIKINI


Alguns dos produtinhos que trouxe da última visita ao supermercado:

1. Chá de Inverno
Fell Good: eu sei que é verão, mas não resisti e comprei para experimentar. Na embalagem diz para tomar quente, mas por enquanto só tomei gelado. É um chá verde com um sabor diferente, uma mistura de cravo, canela, maçã, cassis... é até gostosinho, mas eu odeio cravo e ele tem um leve gostinho de cravo.. Só tô tomando para não desperdiçar.

2. Massa Integral para Pizza de Frigideira,
Massa Leve: Eu já amava a versão comum, a integral não fica devendo em nada e é mais saudável.(cada disco tem 105 cal. e 1,5g de fibra) Para quem nunca fez esse tipo de pizza, depois vou postar o passo-a-passo no blog das receitinhas. Ótimo para receber visitas sem sair da linha.

3.
Ades Frapê de Coco: Eu simplesmente amei! Cada unidade de 200 ml tem 119 cal e 0,7 gramas de fibra. Além de conter soja, que é tudo de bom para
a saúde.

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Notícias

Hello amigas! Ontem não apareci por aqui porque me joguei na night com o povo da pesquisa.. nerds também se divertem! 
Novidades: Amanhã começo no emprego novo, vou trabalhar na minha própia faculdade; eu já trabalhava antes, mas em outro campus. "Emprego" entre aspas, na verdade a minha bolsa é de iniciação científica. É uma merreca mas é melhor do o que eu ganhava antes.  Já tô gastando por conta, comprei umas blusinhas lindas ontem. (Para quem mora em BH: Corram para a Betina, tem blusas maravilhosas na promoção e calças até numeração 50)
Estou bem empolgada, pois consegui organizar meu horário bem direitinho e isso vai me ajudar a ter mais disciplina.
Ah! Na sexta-feira fiz avaliação física na academia da facul, vou começar dia 17. Enfim, vou praticamente morar lá na PUC. E vou almoçar todo dia por lá (vou precisar de bastante juízo para escolher o que comer).
Assim que tiver uma graninha vou comprar uma mochila nova, pois vou ter que carregar a casa nas costas: lanchinhos, livros, roupa de ginástica, toalha... Mas não tô reclamando não,  é muito bom fazer tudo num lugar só.
A minha meta para essa semana será uma só: anotar os pontos de tudo o que comer. Não anotei direito semana passada e nem me pesei ontem. Anotar os pontos é essencial, não consigo me controlar se não for assim.

beijinhos

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Ecologicamente Correta

Estou preocupada com o desperdício que a minha RA tá gerando. Aqui em casa somos só eu e minha mãe, que passa 90% do tempo trabalhando, quase não come em casa. Mesmo quando eu comia um monte de porcaria, sempre sobrava. Quando eu fazia bolos, tortas e afins; ela comia um pedaço, eu comia 10 e sobrava uns dois, três pedaços que iam para o lixo ou para a minha cachorrinha.

Agora com a RA, a situação piorou. Porque apesar de não estar lá muito em forma, a mammys se recusa a comer qualquer coisa light ou saudável.

Toda semana compro umas coisinhas light. Até porque verduras, pão de forma, frios, iogurte, leite têm pouca duração. O pão geralmente tem validade de pouco mais de uma semana. Eu tô jogando quase meio pacote de pão fora! Eu morro de medo de coisas vencidas, se passar um dia ou se ficar com uma cara esquisitinha já não como. E não entendo nadinha sobre conservação de alimentos...

Não é só uma questão de dinheiro, mas de consciência. Primeiramente pelo tanto de gente passando fome e segundo pela preservação dos recursos do planeta, já que tudo o que é produzido em escala industrial consome água, energia elétrica e humana, gera emissão de gases..

O que tenho feito para minimizar minha culpa é usar eco-bags, ou como se falava antigamente, sacola-de-feira para fazer minhas compritchas. Principalmente porque gosto de ir à pé ao supermercado, então, para carregar as coisas para casa é bem melhor. 

Isso acontece com vocês? Alguém tem alguma dica para me dar?

beijocas

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

HOJE É DIA DE POST DE QUINTA!



Hoje é dia de Post de Quinta, ou seja, um dia para falar do que bem entender:cabelo,maquiagem, celebridades, livros, filmes, etc. Nada de posts sobre emagrecimento, peso, medidas, reeducação! Quem quiser, pode dar sugestões de temas e também pode pegar o selinho aqui no blog e postar sobre um assunto qualquer às quintas-feiras.

Hoje vou ver minha MUSA!



Meninas hoje o post de quinta é só para contar para vocês que vou realizar um sonho de adolescente hoje: Ver  show da Alanis Morissette. Quem foi da geração MTV nos anos 90 com certeza conhece a Alanis. Ela lançou o primeiro álbum aos 17 anos e já estourou nas paradas, por causa de suas letras e músicas cheias de atitude. 
Eu era tão fã dela, que as pessoas achavam que eu me parecia com ela. (Na época eu era magrinha). Quem se lembra do IRC, o ancestral  do ICQ e do MSN? Meu apelido no IRC era Alanis. 
Quando eu  brigava com meu pai, imprimia as músicas dela e colava na porta do meu quarto para ele ler.
Enfim, fã MESMO! O estilo dela mudou muito ao longo dos tempos e confesso que esse último álbum não é o meu favorito. No começo ela era bem rock n'roll, agora tá uma vibe meio eletrônica, new age. Mas a essência das letras continua a mesma: falar abertamente sobre o que sente e o que pensa. 
Tanto é que a mídia anda noticiando que as músicas do novo álbum alfinetam o ex-namorado de Alanis, Ryan Reynolds, que a trocou por Scarlett Johasson. E Alanis não faz  questão nenhuma de esconder isso, ela diz para quem quiser ouvir que esse CD é uma forma de abrir a história pessoal dela para o mundo.
Amanhã venho aqui contar como foi, sei que vou me emocionar demais, pois só de comprar o ingresso fiquei toda arrepiada.

E vocês? De quem vocês são fãs?

beijocas

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Uma notícia boa e uma ruim

Ruim não, péssima. Hoje tomei mais um pau no exame de direção. Quinto exame. Já estou quase desistindo de dirigir algum dia, acho que vou trabalhar bastante para pagar um motorista ou andar de táxi. Eu dirijo muito bem, juro. Minha instrutora nem tem mais o que me ensinar, faço as aulas só para não perder o costume. E eu não fico nervosa, tipo aquelas pessoas que tremem, choram, descabelam. Dessa vez, só para garantir, fiz auriculoterapia, tomei floral e aquele remedinho de não tremer a perna. Não adiantou.
Belo Horizonte é um dos  lugares mais difíceis de tirar carteira no Brasil, as blogueiras de BH podem confirmar isso. Tô de saco cheio. Tô até pensando em fazer terapia.
A boa notícia é que agora tem academia na minha universidade! A academia é um LUSHOOOO, tudo novíssimo, um monte de aparelhos. Ela já existe desde o semestre passado, mas só abriu para alunos agora. Claro que não é de graça, mas geralmente as coisas lá da facul não são muito caras. Amanhã vou lá assuntar, pois as vagas são limitadas. 
Por falar em facul, tinha me esquecido dos desafios alimentares que a volta às aulas traria. Fui na cantina toda serelepe comprar uma água quando senti aquele cheiro de pão-de-queijo quentinho. Eu, muito humildezinha com minha barra de cereal, resisti bravamente. 
Outro problema que tenho é que chego em casa querendo devorar tudo, não importa o quanto eu tenha lanchado na faculdade. Principalmente nos dias em que chego 11 da noite, engulo tudo o que encontrar na cozinha. Tenho que deixar comidinhas amigas preparadas; o que me salvou hoje foi o Diet Shake. 

Beijocas! 

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

BALANÇO DAS FÉRIAS

Acabou-se o que era doce. Daqui a pouco volto para a faculdade e na quarta-feira para o trabalho.
Fazia muito tempo que eu não ficava em casa nas férias. Eu seeempre  arrumo alguma viagem maluca pra fazer.
Mas essas não foram férias comuns. Foram as férias mais necessárias da minha vida. 
No final do ano eu estava totalmente esgotada, estressada, comendo compulsivamente, sentindo vergonha de mim mesma. A minha compulsão chegou a um ponto em que eu não queria sair de casa, eu faltava trabalho, aula, para ficar comendo em frente à TV.  Eu via embalagens de biscoito vazias e não sabia de onde elas tinham saído. Minha auto-estima, que nunca foi grande, desapaeceu. Cabelos, unhas, roupas totalmente esquecidos. Eu só saía para comer ou comprar comida. Eu estava matriculada na academia, mas não ia há meses. Para piorar minha situação, tive uma úlcera ocular que foi a gota d'água para me deixar arrasada.
Eu estava com uma viagem marcada para a Inglaterra, junto com a minha melhor amiga. Mas o fim do ano foi chegando e fui sentindo que não era hora de viajar, de ficar fora da minha vida normal por um mês.
Era hora de reorganizar minha vida, minha cabeça, meu corpo. Eu estava me auto-destruindo e precisava enfrentar a realidade, e não fugir dela.
Foi uma escolha muito difícil, pois era uma grande oportunidade, mas agora sei que fiz a coisa certa. 
O primeiro passo foi criar o blog. Eu sempre amei escrever e o blog foi uma grande terapia para mim. A Internet, que antes era uma desculpa para e ficar acordada de madrugada me empanturrando de besteira, se tornou uma das maiores aliadas  no meu processo de emagrecimento.
Em seguida, retomei a academia (não faltei nenhum dia nesses dois meses, somente no recesso de Natal) e o programa de reeducação do "De Olho no Peso".
Três quilos se foram em dois meses. Poderia ter sido mais? Claro que sim.
Mas a minha maior conquista não diz respeito ao ponteiro da balança. Apesar de estar um pouco acima do peso, não sou obesa. Muita gente vira para mim e fala que eu tô óoootima! Talvez muitas de vocês diriam o mesmo se me encontrassem.
É claro que vou amar poder entrar em qualquer loja e comprar uma calça jeans, ou usar bikíni na praia; só que a minha luta não é em prol da estética, mas sim da saúde. Eu não tenho dúvidas que se continuasse a me comportar daquela maneira, além de deprimida, teria muitos problemas de saúde. Meu pai e avó são obesos mórbidos e sei como é triste.
Eu amo a minha vida, meus amigos, amo meu noivo e tenho muitos sonhos. Não quero abandonar isso por pura incompetência em lidar com meus sentimentos.
Se alguém me perguntar para onde fui nas férias, posso dizer que fiz uma jornada para dentro de mim. Com certeza me conheço e me amo muito mais do que antes. Medos? Incertezas? Tenho sim, e não posso evitá-los. Mas posso ter fé, ter força e garra para encará-los.
Estou reaprendendo a caminhar e dai um passo de cada vez para adaptar as mudanças no meu esilo de vida à minha rotina. Tavez ficarei um pouco mais afastada do blog e já é certo que poderei ir à academia somente 3 vezes por semana. Vou precisar buscar outras maneiras de compensar essas mudanças.
Gostaria de agradecer o carinho de cada leitor desse blog, pois sem os comentários, as dicas, os puxões de orelha eu não teria alcançado nada disso.
Para terminar, vou postar uma música que tem muito a ver com esse momento. Fala do fim de um relacionamento, onde a pessoa precisa aprender a andar sozinha, apesar das dificuldades. Eu estou aprendendo a andar sem me apoiar na comida.

NOT AS WE - Alanis Morissette

Reborn and shivering
renascida e tremendo

Settled on new terrain
Sentada em nova terra

I'm sure uncasing
Certamente estou revelando

It's faint and shaking
Está fraco e tremendo

Refrão

Day one, day one
Primeiro dia, primeiro dia

Start over again
Começar tudo de novo

Step one, step one
Primeiro passo, primeiro passo

I'm barely making sense
Eu mal consigo fazer sentido

For now I'm faking it
e por enquanto eu estou fingindo

Till I'm psuedo-making it
até que teoricamene esteja fazendo isso

From scratch, begin again
Do rascunho, começar novamente

But this time I as I and not as we
Mas desta vez, sendo eu
e não sendo nós


Gunshy and shivering
Hesitante e tremendo

Tear it without a hand
Rasgar isso sem ajuda

Fame brave but still intent
Fama de brava mas ainda intencionada

Little and hardly here
Pequena e dificilmente aqui

Day one, day one
Primeiro dia, primeiro dia

Start over again
Começar tudo de novo

Step one, step one
Primeiro passo, primeiro passo

I'm barely making sense
Eu mal consigo fazer sentido

For now I'm faking it
e por enquanto eu estou fingindo

Till I'm psuedo-making it
até que teoricamene esteja fazendo isso

From scratch, begin again
Do rascunho, começar novamente

But this time I as I and not as we
Mas desta vez, eu sendo eu
e não sendo nós

If God's taking  bias
E se Deus tomar partido

I pray you once to lose
Eu rezo para que você perca

video